01/08/2017

Programador Freelancer - 3 formas de se tornar um profissional liberal

By
Vamos te mostrar no Vagas Urgentes 3 formas de se tornar um programador freelancer.
O programador freelance é, atualmente, uma das carreiras mais interessantes para aqueles que buscam o freelance como estilo de vida. Vamos falar de algumas das formas mais eficientes de buscar clientes e outras dicas, como os valores de contrato e as formas de pagamento e recebimento.

Nesse momento de crise, com a escassez de empregos formais, é uma saída muito viável procurar por oportunidades freelancer. Um curso de recolocação profissional como o do Cursos 24h que você encontra aqui: http://bit.ly/recolprof24h também vai te ajudar muito para melhorar suas chances e ainda tem a vantagem de não ter que sair de casa e custar bem barato.

programador freelancer
Programador Freelancer


Qual a vantagem de ser um programador freelancer?

Ser um programador freelancer é extremamente desafiador e fascinante, já que você poderá entrar em contato com uma grande variedade de projetos diferenciados. Especialmente se você tiver várias expertises e conhecer várias linguagens, você pode criar sites, programas, apps, sistemas empresariais, entre tantas outras soluções envolvendo programação.

Além do mais, como você vai trabalhar na sua casa ou em um espaço de coworking, você pode modular sua rotina de trabalho da forma que lhe melhor lhe aprouver, sem nenhum tipo de vínculo. É importante, porém, ter sempre um tempo para atender os clientes, preferencialmente no horário comercial, para oferecer informações sobre o progresso do trabalho.

Outra grande vantagem, para um programador com boa formação, é qye dificilmente falta trabalho. Muitas vezes, falta tempo para todos os projetos.  Por isso mesmo é fundamental saber administrar sua agenda e buscar sempre as melhores opções de contratos, na questão custo/benefício/prazo.

Quais os tipos de programador freelancer existentes?

Vamos detalhar agora as 3 formas mais comuns de se tornar programador freelancer:


1- Programador Freelancer puro: 

O freelancer puro é, da mesma forma que outros freelancers, totalmente dependente de contratos pontuais. Pode cobrar mais pela instabilidade, mas também pode enfrentar meses em que aparece pouco ou até nenhum trabalho. É uma forma bem arriscada de trabalhar como programador freelance, mas para quem já tem uma estabilidade financeira ou outra fonte de renda que precisa ser apenas complementada, é uma excelente forma de aumentar seus ganhos.

2- Programador freelancer prestador de serviços para várias empresas: 

É o famoso meio termo. Você se torna prestador de serviço de várias empresas, mas nenhuma delas oferece a garantia de uma demanda constante. Pode acontecer de você ganhar um pouco menos na hora/trabalho do que como freelance puro (para fazer o contrato valer à pena para a empresa, ela geralmente paga menos), mas oferece muito mais estabilidade quanto a fluxo de trabalho do que um programador freelance puro.

3- Programador freelancer prestador prestador de serviço para uma única empresa: 

Você se torna um prestador de serviços para uma empresa fixa. Você tem um salário fixo e muitas das responsabilidades de um funcionário contratado e com certeza ganhará mais do que ele, mas não, ao menos geralmente, a flexibilidade dos outros dois tipos de freelancers. Muitos nem considerarão esta prestação de serviço um freelance, mas não se engane, você está em uma posição altamente instável ao ser prestador, pois não existe nada além do contrato de trabalho, que pode ser rompido com uma multa padrão, como garantia da sua permanência na empresa.

Estar sempre atualizado é muito importante. Se você pretende começar agora nesta carreira de programador freelancer, uma das competências que você precisa ter são conhecimentos de inglês. Eu indico o Curso de Inglês online: http://bit.ly/inglescursos24h pois é um curso reconhecido pelo MEC e é uma forma de estudo financeiramente viável para a maioria das pessoas e as aulas são adaptadas de acordo com as necessidades do aluno.



É de extrema importância avaliar quais as opções mais interessantes para você e o tipo de produto que você é capaz de entregar. Não feche contrato de algo que você nunca fez, sob o risco de comprometer a sua imagem como profissional, o que, para um freelancer, é o equivalente à morte para o mercado.

Artigo publicado por Vagas Urgentes em 01/08/2017

0 comentários:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos, porém lembre-se que serão lidos por todos, então não divulgue seus contatos aqui, envie o cv diretamente para o endereço descrito na vaga e nem inclua xingamentos.